terça-feira, 11 de janeiro de 2011

"Existe uma potência no espírito, que é só livre"

Eu disse algumas vezes que existe uma potência no espírito, que é só livre. Por vezes disse que ela é uma guarda do espírito; outras vezes que ela é uma luz do espírito; às vezes, que ela é uma centelha. Mas agora eu digo: ela não é nem uma coisa nem a outra, no entanto ela é algo mais elevado do que uma ou a outra, tal como o céu o é em relação à terra. Por isso nomeio-a eu agora de um modo mais nobre do que o fiz, apesar de ela escarnecer de tal nobreza e do seu modo, porque é superior a isso. Ela é livre de todos os nomes e despida de todas as formas, em absoluto livre e desprendida, como Deus em si mesmo é desprendido e livre. [...]

Mestre Eckhart, Tratados e Sermões, Paulinas Editora, 2009, p.192

3 comentários:

Anónimo disse...

Qualquer potência deve ser elevada ao quadrado!

MeTheOros disse...

Como falar do Inominável?
Como calar o Inominável?

Como... qualquer coisa que seja?
Como...?

pasteleiro disse...

Também eu... Também eu tenho sonhos...