terça-feira, 30 de março de 2010

"Para as pessoas, tal como se apresentam hoje, existe apenas uma novidade radical, que é sempre a mesma: a morte"

- Walter Benjamin

6 comentários:

Magno Jardim disse...

Qual essa senão a nossa raiz de existência do qual deriva a morte radicalista de tão propenso oximoro meu caro ?

Saudações cordiais
:)

Paulo Borges disse...

Morri. Vivo.

Fm-Ra disse...

Não vale a pena interpretações parvas e ditos complicados, Coelacanto e Paulo. O autor quer apenas dizer que hoje em dia não há nada de novo para as pessoas, que tudo experimentam, excepto a morte, quando ainda não chegou.

Paulo Borges disse...

Ditos complicados!?

Morri. Vivo.

Claríssimo.

Magno Jardim disse...

Tanto como o azul da água meu caro.
Saludos.

Magno Jardim disse...

Correção meu caro fm-rm, é Manuel Magno Cachucho Jardim.
Fm-Ra

Não á paz, mas sim á guerra.

Saudaçoes cordiais caro paulo.