quinta-feira, 19 de novembro de 2009

"Busca a tu complementario, / que marcha siempre contigo, / y suele ser tu contrario"

- Antonio Machado, "Proverbios y Cantares"

2 comentários:

José António Lozano disse...

Machado é não só um grande poeta mas un pensador agudo e profundo. O seu "Juan de Mairena" é uma maravilha filosófica. Provavelmente haja aí mais filosofía que no próprio Ortega y Gasset. Sen dúvida, para min é mais fundo.

O Juan de mairena começa assim:

"La verdad es la verdad, dígalo Agamenón o su porquero.
Agamenón- Conforme
Porquero- No me convence"

Durante muito tempo interpretou-se dentro de uma certa "consciência de classe" ainda que eu inclino-me por uma interpretção mais nietzscheana.

Quanto à frase que indicas é muito certa. Lembra-me uma frase de Rumi: "Cousas opostas trabalham juntas em segredo"

Grande abraço

Isabel disse...

...coisas opostas, trabalham juntas em segredo...

belo, perfumado, leve e misterioso...


Um sorriso