quarta-feira, 14 de março de 2012

"Aí, então, floresces..."

“Por vezes, uma única árvore é toda a floresta; por vezes, a árvore é tão-só uma miragem que te distrai das tuas próprias raízes. Por vezes ainda, por vezes nem a árvore permanece. Aí, então, floresces…”
– Luiz Pires dos Reys, “nascer do dia frag: mentos do ermo a esmo”, XV, in Cultura ENTRE Culturas, nº4, p.40.

8 comentários:

Isabel Metello disse...

Ajudar a cortar uma árvore, que se confunde com um dejecto qualquer, por uma total ausência de espiritualidade, fazendo com que tantos cães (eu não disse Cães....:) a desrespeitem, não é um florescer, é um crime que detrói qualquer pretensão esotérico-literária de autosuperação e autoinserção numa Dimensão que lhe Escapa. Quem tem um Dom tem Visão Periférica Identificadora, não é pelas palavras poéticas que lá vai, por mais bonitas que sejam, nem por mais amuletos esotéricos que compre! Bem, acho que já tem mais uns pontitos no karma e isso sim, isso ajudará a fazê-lo florescer ou não- está no seu livre arbítrio, comme toujours! Peço-lhe que passe a mensagewm à sua amiga Ana Vasconcellos, pois bem precisa!!! Considero até isto tão tragicómico- exceptuando uns Veros Puros que aqui perscruto, há aqui personae (=máscaras:) que escrevem palavras tão lindas que negam logo de seguida!!! Eu ando tb numa ambivalência- continuar a confiar na Justiça Divina ou tornar-me mais prosaica, não pelo meu ego, mas por Outras Vidas. Será isso descentração???!!!

Isabel Metello disse...

E mais acrescento :) aprenda uma Regra Básica da Espiritualidade :) Um Puro, seja que religião professe, mesmo até que seja ateu ou agnóstico, sabe nutrir Uma Emoção :) A Gratidão e nunca, jamais, em tempo algum, brinca com Vidas Alheias como se ratos de laboratório se tratassem, entre as quais a de uma Criança e a de dois idosos: de 81 anos e de 76 anos. Na minha ignorância, não sei quando celebram a Páscoa Ortodoxa, mas se fosse eu a si, punha-me no chão em Sinal da Cruz, virado paara baixo, em sinal de Humildade perante o Divino e orava, pedindo Perdão por tudo. Como tal, vou-lhe perscrutar algo que fui intuindo, por vezes recuando, dando-lhe o benefício da dúvida (próprio dos Justos:) antes que algum dia possa florescer, tem de ter Raízes e essas não se compram, não se vendem nem se alcançam em sessões de meditação apócrifa, nem que dê 10.000.000 voltas sufis, pois não se chega a Deus ou ao Cosmos, i.e., à Iluminação, que n~ºao dos candeeiros da rua, com a razão, mas com o Coração e quem não tem competências para sentir nem expressar Gratidão, simplesmente está no ground zero de qualquer dimensão. Vou-lhe ser muito franca :) por mim, vá pregar para outra freguesia, que todas as suas palavras me cheiram a falso...
Ah! mais uma adenda :) nenhum Puro se aproveita de alguém frágil para satisfazer as suas pulsões mais básicas, isso é ir contra qualquer Princípio Transversal de Qualquer Narrativa Sagrada. Antes de se cultivar em termos esotéricos alguém tem de ter terreno fértil dentro de si, senão resvala para a seca. Entendeu???!!! Espero que sim!
By the way, temos, um dia, de falar sobre o ZAN- creio que vai ser, no mínimo, divertido...

Isabel Metello disse...

Isto partindo do perscrutado de terem alguém transformado numa não pessoa, totalmente aniquilada, em comum, ou estarei a coser mais um patcxhworking descabido???!!! Avhop que não, mas dou-lhe o benefício da dúvida quanto a este assunto. Não se esqueça que, antes de me conhecer, já eu o conhecia, em parte, a si.Afinal, não foi o Destino, Esse Grande Malandro, a juntar-nos nesta plataforma como colaboradores ou terá sido???!!!

F.W. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Isabel Metello disse...

Olhe, FW, pergunto-me o mesmo, já que cheguei a um ponto em que acho tudo um auto da farsa do inferno, i.e., se bem compreendi as suas palavras. Se não as compreendi comme il faut tb não há crise- fica-se na mesma- cada qual com o seu percurso e consciência ou ausência dela.
Mas tenho de concordar- há gente anulada por tantas manipulações esotéricas que desrespeitam a tal regra nº 1 :) nenhum Dom pode ser usado em proveito próprio...

F.W. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Isabel Metello disse...

Ah, é uma marca de Alta Costura só para círculos muito restritos! :)

Isabel Metello disse...

Por favor, não confundir com marcas prêt-a-porter, pois são opostos :)