domingo, 28 de fevereiro de 2010

Eu não sei o que sou / Eu não sou o que sei




"Eu não sei o que sou
Eu não sou o que sei:
Uma coisa e não uma coisa:
Um ponto ínfimo e um círculo"

- Angelus Silesius, Peregrino Querubínico, I, 5.

5 comentários:

Isabel disse...

Livre de mim e do tempo, deve haver boas probabilidades de poder sentir e repetir a beleza do que pelo místico foi expresso. As vidas deviam ser organizadas para a experiência desta dissolução e desta evidenciação do que não somos. Por ora ainda sou apenas uma "cantora leitora"...Paulo este livro da Gabriela Llansol é um estado ENTRE!

Paulo Borges disse...

Tenho de o ler! E um estado ENTRE é uma boa ideia: acho que a vou comercializar. Estados ENTRE para a alma do-ente.

Isabel Santiago disse...

Sim!!!! Comercializar é a cara do Paulo! Já o imagino a andar como um anacoreta, extenuado e compassivo pela Baixa, junto ao S. Carlos a apelar ao "estado ENTRE". E eu e mais uns quantos com uma sacola de pano a tirar de um saco passagens da Llansol...ou a cantá-las...junto ao S. Carlos. Mas escrever a ópera ENTRE seria um grande desafio. A ópera é por excelência um estado ENTRE (risos)mas nessas andanças, construiríamos um dia verdadeiramente único ENTRE os demais...faríamos corpo com ele e com o tempo...mas vou já começar, com a autorização do Paulo, o estado aos alunos e ao público que tenho ENTRE mãos...

Isabel Santiago disse...

vou já começar a vender...aos alunos..ri tanto coma ideia que nem li o que escrevi. Também é desnecessário uma sacola e um saco...este desvario de riso já é um "estado entre". Claro, um "estado entre" é leve...sem gramática e sintaxe...sem regras e sem e sem...

saudadesdofuturo disse...

Eu sou EnTre o que sou e o que não sei, também não sou e não sei.Uma coisa eu sou e também uma não coisa. Sou um ponto e um círculo, enTre é de onde sou e não sou.


Está comprada!
Ou será vendida?
Eu uma ideia eu não sei se não sou uma coisa...
Tenho que viver e não viver EnTre, nesse estado estou. "Eu não sei o que sou".

Um grande abraço aos dois: Paulo e Isabel.