sábado, 16 de janeiro de 2010

2 comentários:

soantes disse...

Excelente foto!

Isabel Santiago disse...

Entre, não. Entro. E sento-me em cadeiras de luz. Entre mim e elas há um contacto musical que me transtorna em palavras e em gritos. Também as tuas fotos me agitam, ofuscam...estremeço com algumas. Caio da cadeira e entro noutra espécie de entre.Um entre sem nome e sem cor.