sábado, 31 de outubro de 2009

Incomunicação


Vivemos na era da incomunicação.



Escultura: Sternenfall (Queda de estrelas) de Anselm Kiefer

3 comentários:

Paulo Borges disse...

Sem dúvida! E isso é tanto mais flagrante neste esforço inglório por comunicar total e continuamente... Tudo se inventa para superar a distância, mas porque se inventa a distância!?...

Laura disse...

Penso eu que a distância se inventa para nos auto-conhecermos. Para nos experimentarmos. Por vezes o esforço de comunicação é inglório, pois não estendemos as pontes a outras margens, ou por cima dos abismos, apenas as construímos no nosso próprio jardim, de um canteiro para outro, logo, talvez belas, mas inúteis. Será que estamos realmente interessados em superar a distância? A verdade é que eu acho que os meus cães, por exemplo, me compreendem melhor a mim do que eu a eles. E isto são apenas pensamentos.

Laura disse...

E acho ainda que há aqueles que querem, propositadamente, destruir todas as pontes.