domingo, 4 de setembro de 2011

Desço ao abismo
entre o paraíso e o inferno
existo

2 comentários:

Ferro Velho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Isabel Metello disse...

Gostei muito- só reencontrando a estrutura profunda e esperar que a Dor se cure mesmo se pode almejar voar sem carga...como li noutro blog, há que desgastar a dor, apagá-la, para que ela não nos acompanhe na Viagem... :)