quinta-feira, 21 de julho de 2011

"Nós não viemos a este mundo: viemos dele, como as folhas de uma árvore"

"Nós não viemos a este mundo: viemos dele, como as folhas de uma árvore. Tal como o oceano produz ondas, o universo produz pessoas. Cada indivíduo é uma expressão de todo o reino da natureza, uma acção singular do universo total. Raramente este facto é, se é que alguma vez chega a ser, sentido pela maioria dos indivíduos"

- Alan Watts, O Livro do Tabu.

2 comentários:

MeTheOros disse...

Vou quebrar um tabu meu!
O Alan Watts foi quem me tirou a virgindade, espiritualmente (atchim!) falando.
E tirou-me logo, de uma penada, também as peneiras. Foi limpinho!

Depois, durante um quarto de século (vou fazer vinte e quatro, para a semana que vem) andei a tentar apagá-lo do meu umbigo! Mas o tipo era só watts!
G'anda power! Grande Watts!

(Não há dúvida! O universo produz pessoas e... pessoas! Fora as pessoínhas, claro, que contam quase só para as estatísticas...)

Ferro Velho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.