quinta-feira, 12 de agosto de 2010

‎"Nada há fora da mente; nada também a encontrar na mente. Que procurais vós pois?" - Lin-Tsi

3 comentários:

Maria Sarmento disse...

Nada podemos procurar nem dentro nem fora da mente. Pois que nem mente, na verdade há!

Este é ensinamento de Paulo Borges.

Não esqueço, mas não posso precisar o que ou quem ou mesmo o quê se lembra do que creio esquecer. Sem querer, lembro o que não esqueço.

Onde tocar a memória? Que não encontramos lugar para ela, senão como o sem-lugar do sem tempo que no-la recorda.

Abraço, Paulo.
Sempre o pensamento inquieto e inquietante.

Paulo Borges disse...

Maria, eu não ensino, só desensino e, bem gostaria, tanto quanto sou desensinado! :)

saudadesdofuturo disse...

...

:)

...