quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

ALEXITEMIA


pelo litoral limite da praia azul
emocionalmente mudo
corro sobre a alma, voo,escrevendo
sem nada escrever 

estou na folha da confusão, amo-te
e espero imóvel a crise do sentimento
um azul projectado no infinito da baixa de cascais, primeira praia da manhã do primeiro dia do ano novo, vejo-te da janela da mesa onde escrevo em filigrana a minha febre

faltam-me as palavras na sua fuga
perdem o tampo da mesa de madeira dura, já há muito que não falo.

24-12-2016
José Gil

Sem comentários: